sábado, 26 de março de 2011

Os 5+ ................Filmes de super-heróis

Bom galera, voltando com o nosso post fixo os 5+, hoje iremos debater e eleger um gênero do cinema que eu particularmente adoro, os filmes de heróis, que sempre quando são lançados levam milhares de pessoas aos cinemas, para conferir o mundo em apuros e os vilões mais doidos, que felizmente são detidos pelos nossos na maior parte anônimos super-heróis, chega de conversa e vamos a lista..

E os 5+ são:

Homen de ferro
Muito bem elaborado e com uma história surpreendente, confesso que sou fã deste herói e sua história junto com a do batman são uma das mais realistas possíveis, no entanto como todo fã ainda tenho esperançã de ver no 3° longa o meu vilão preferido, o Mandarim que sem dúvida é o mais difícil de Tony Stark derrotar.


Sinopse: A vida do inventor e maior fornecedor de armas do governo americano Tony Stark nunca mais será a mesma depois que ele é atacado e mantido refém por um grupo de rebeldes afegãos.
Ferido por estilhaços de granada que se alojam perto de seu coração, Tony recebe a ordem de construir no cativeiro uma devastadora arma, mas, em vez disso, usa suas habilidades para criar uma armadura que permite que ele consiga fugir. Ao retornar aos Estados Unidos, Tony promete dar um novo rumo às Indústrias Stark. Ele passa dias e noites desenvolvendo e aperfeiçoando uma avançada armadura que lhe propiciará uma força sobre-humana. Quando Tony descobre um plano abominável com implicações globais, jura proteger o mundo como sua nova personalidade, o Homem de Ferro.




Homen aranha 2
Não é surpresa pra nínguém que este é o meu herói preferido. O 1° filme foi bom, e a história tem uma narrativa perfeita,por exemplo conheçemos o amor de Parker, Mary Jane e presenciamos uma das cenas mais românticas da história do cinema, o beijo envertido.No entanto temos que dar muito mais créditos ao segundo, que mostrou os conflitos de Peter mais acentuados e ainda este tendo que lutar com um dos piores vilões ja visto antes em seus quadrinhos, o temível doutor Ocatavius, vulgo Octopus. Vale ressaltar algumas cenas deste filme, como por exemplo a do sequestro de vó May, e ela sendo carregada pela parte externa de um prédio e também uma em que o aranha tem de freiar um vagão do metrô prestes a cair fora dos trilhos. O filme é sensacional. O 3° filme, agradou a muitos pelas cenas de ação, mas teve um ritmo muito acelerado e com muitos vilões, o que fez com que este fosse o que menos eu gostei. Agora é esperar pelo reboot em 2012, que eu com certeza irei conferir no cinema.

Sinopse: Se passaram dois anos, e Peter Parker (Tobey Maguire) encara novos desafios na medida em que luta com ‘o dom e a maldição’, desesperadamente tentando equilibrar sua dupla identidade, como o super-herói 'Homem-Aranha' e sua vida como um universitário normal. Atormentado por seus segredos, Peter descobre que seus relacionamentos com todos aqueles que estima correm perigo de se desatarem. Seus sentimentos por Mary Jane (Kirsten Dunst) se tornam ainda mais fortes enquanto ele luta contra o impulso de revelar sua vida secreta e declarar seu amor. Sua amizade com Harry Osborn (James Franco) se complica devido à amargura do jovem Osborn pela morte de seu pai e seu crescente espírito de vingança contra o 'Homem-Aranha'. Até mesmo a querida Tia May (Rosemary Harris), que tem passado por momentos difíceis desde a morte do Tio Ben, começa a ter dúvidas sobre seu sobrinho.A vida de Peter Parker está prestes a se tornar ainda mais complicada quando ele encontra um novo inimigo, o Dr. Octopus (Alfred Molina). Peter precisa usar todos os poderes a sua disposição para tentar parar este diabólico maníaco em sua vingança diabólica.


Batman: O cavaleiro das trevas
Não desmerecendo os antigos filmes do Homen morcego, mas este realmente arrasou e colocou os outros em níveis bem inferiores, o filme trouxe uma carga de ação muito maior e um coringa perfeito, em sua loucura. Confesso que em algumas cenas você se envolve tanto com o filme que fica tremendamente triste, quando uma grande personagem morre, e em alguns momentos fica torcendo pela morte do grande vilão, mais tarde no mesmo filme vemos a transformação de Harvey Dent no Duas caras e sabemos o motivo deste ter virado vilão. Vale muito a pena conferir, principalmente se você for um grande fã , como eu aprticularmente sou. O próximo filme irá estreiar em 2012, e encerrará esta trilogia, com certeza promete.

Sinopse: Em sua nova aventura para o cinema, Batman segue como o vigilante de Gotham City e tem Jim Gordon (Gary Oldman) e o promotor público Harvey Dent (Aaron Eckhart) como aliados, além do apoio de seu fiel mordomo Alfred (Michael Caine) e do amigo Lucius Fox (Morgan Freeman). Mas um inimigo surge para ameaçar a paz da cidade: o Coringa (Heath Ledger), que inicia uma série de ataques e ameaça Rachel Dawes (Maggie Gylenhaal). Batman então percebe que não enfrenta simplesmente mais um vilão, e sim um adversário maquiavélico e inteligente que não poupará esforços para sair triunfante da batalha.

  
 X-men- Trilogia
O 1° filme não é ruim, mas se prende muito aos personagens em mostrar suas histórias, mas a continuação trouxe um novo folêgo e mostrou quem realmente eram os X-men. O fim da trilogia foi marcante em O confronto final, no entanto muitas histórias ficaram distorcidas da hq e isso contou como ponto negativo, não tirando o mérito do filme que realmente é excellente.


Watchmen - O Filme 
O filme possui toda uma carga de ação e uma história realmente muito boa, mereceu estar entre os nossos melhores.

Sinopse: Uma aventura de mistério complexa e de múltiplos aspectos, Watchmen - O Filme mostra uma América alternativa em 1985, na qual super-heróis caracterizados fazem parte da estrutura diária da sociedade, e o "Relógio do Juízo Final" - que traça o gráfico da tensão entre os EUA e a União Soviética - marca permanentemente cinco minutos para a meia-noite.Quando um dos seus antigos colegas é assassinado, o derrotado, mas nem um pouco menos determinado, vigilante mascarado Rorscharch, parte para descobrir o que seria um plano para matar e desacreditar todos os super-heróis do passado e do presente. Quando ele restabelece a conexão com sua antiga legião de combatentes do crime - um confuso grupo de super-heróis aposentados, dos quais apenas um possui poderes verdadeiros - Rorschach percebe que existe uma conspiração abrangente e perturbadora com ligações com o passado que eles dividiram e catastróficas conseqüências para o futuro. Sua missão é proteger a humanidade, mas quem protegerá os vigilantes chamados watchmen?



Sei que o nome do post é os 5+ , mas temos de fazer uma menção honrosa a este grande clássico do gênero:

Superman: O filme
 Clássico, não poderia faltar na lista dos 5 melhores, o herói foi encarnado por Christopher Reeve e foi um enorme sucesso de público e crítica, além de trazer todo o universo do herói para a telona. Clássico de 1978.

Sinopse: Jor-El (Marlon Brando), um renomado cientista, prevê a destruição do seu planeta e alerta o governo, que não lhe dá credito. Assim, decide salvar seu filho, mandando-o para a Terra, onde terá superpoderes. Na Terra, ele usa o nome de Clark Kent (Christopher Reeve) e já adulto e trabalhando como repórter em um jornal, não demonstra ter superpoderes. Mas quando uma situação inesperada põe em risco a vida de Lois Lane (Margot Kidder), uma colega de trabalho, ele obrigado a se revelar para o público, ficando conhecido popularmente como Superman. Descontente com o surgimento de um super-herói na cidade, Lex Luthor (Gene Hackman), um gênio do mal, o obriga a se desdobrar para evitar a morte de milhões de pessoas.







Dando continuidade ao nosso post vamos ao pior momento de todos. Tem alguns filmes que por mais que tivessem uma história com grande potencial são feitos de forma tão simplória que em muitos casos a pessoa que está assistindo chega torcer pelo vilão.




E os 5- são:
  
Quarteto Fantástico.
A história desta equipe é muito boa mas a forma como o filme foi feito ficou acelerada e confusa, de modo que não criamos afeição nenhuma pelos heróis e muitos nem gravaram o nome do vilão. O único ponto positivo a ser citado é o elenco que se esforça para que a história seja no mínimo agradável a quem vê, muita gente adorou, mas o fato é que eu realmente achei inferior quando o assunto é adaptação de HQ ao cinema.

Sinopse: Jessica Alba, Chris Evans e Michael Chiklis encabeçam o charmoso elenco desta explosiva aventura sobre um quarteto de seres humanos imperfeitos, comuns que repentinamente se vêem dotados de habilidades extraordinárias. Após serem expostos a radiação cósmica, quatro astronautas se tornam os mais incríveis, apesar de desajustados, super-heróis de todos os tempos. Infelizmente, o financiador da missão também se transformou: no mais letal dos supervilões - o que levará a um confronto de proporções épicas.

 The spirit
No mesmo estilo de Sin City, este filme quis mostrar uma cidade sem regras em que um herói comun tenta exterminar com o crime, deu tudo errado, o humor exagerado e a história sem nexo o transformou em um dos mais chatos que eu já assisti.

Sinopse: Baseado na série de quadrinhos de Will Eisner, THE SPIRIT - O FILME é uma aventura clássica de ação e romance, adaptada para as telas e dirigida por FRANK MILLER (criador de 300 e SIN CITY). É a história de um ex-investigador novato da polícia que retorna misteriosamente do mundo dos mortos como SPIRIT (Gabriel Macht) para combater o crime nas sombras de Central City. Seu arquiinimigo, o OCTOPUS (Samuel L. Jackson) tem uma missão diferente: aniquilar a amada cidade do Spirit enquanto busca a sua visão pessoal da imortalidade. O Spirit persegue esse assassino frio percorrendo os armazéns soturnos e esgueirando-se por catacumbas úmidas e pelas docas açoitadas pelo vento de Central City... enfrentando ao mesmo tempo um bando de beldades que querem seduzir, amar ou matar nosso cruzado mascarado. Ao seu redor a cada reviravolta estão ELLEN DOLAN (Sarah Paulson), uma garota comum, mas muito inteligente; SILKEN FLOSS (Scarlett Johansson), uma secretária misteriosa, fatal e frígida; PLASTER DE PARIS (Paz Vega), uma assassina dançarina francesa de cabaré; LORELEI (Jaime King), uma sedutora fantasma; e MORGENSTERN (Stana Katic), uma investigadora jovem e sexy.
E há ainda, obviamente, SAND SAREF (Eva Mendes), a ladra internacional de jóias com curvas perigosas. Ela é o amor frustrado da vida do Spirit. Ele a salvará ou ela o matará?

Demolidor: O homen sem medo
 Não é que o filme não seja bom, acontece que a história é totalmente inferior aos quadrinhos e monótona de mais, transformaram o filme do herói em um grande dramalhão. Elektra o par romântico do Demolidor, posteriormente ganhou seu prório filme e que infelizmente também não é dos melhores.

 Sinopse: O legendário herói das histórias em quadrinhos chega às telas dos cinemas. Após um acidente quando criança, Matt Murdock (Ben Affleck) fica cego e desenvolve seus outros sentidos. Isso lhe confere habilidades super-humanas que serão utilizadas para proteger e defender sua cidade.


 Motoqueiro Fantasma
Quem conhece a história original do motoqueiro, se decepcionou muito com esta adaptação ao cinema do longa, o filme deixou todo o horror de lado para ficar infantil e sem graça. Motoqueiro Fantasma 2: espirito de vingança, está sendo gravado e promete ser mais fiél aos quadrinhos e reinventar a história do herói esquecendo partes do fiasco que foi o primeiro.
  
Sinopse: Johnny Blaze (Nicolas Cage) trabalha como dublê e piloto de motocicleta. Há muito tempo ele fez um pacto com Mefisto (Peter Fonda) para proteger as duas pessoas que mais amava: seu pai, Barton (Brett Cullen), e sua namorada de adolescência, Roxanne Simpson (Eva Mendes). Em troca Johnny se transforma à noite no Motoqueiro Fantasma, o justiceiro de alguns demônios bastante cruéis. Forçado a obedecer as ordens de Mefisto.


Mulher- Gato
Não se se podemos considerar este filme como da mulher gato, por que simplesmente não tem nenhum traço original da mulher gato. A história é totalmente diferente e até mesmo o nome é outro, ou seja o filme é péssimo e o pior nem é isso e sim o uniforme de Halle Berry, que fica entre o nú e o bizarro. Não outra explicação para este fiasco do cinema se não o fato dos produtores pretemderem ganhar dinheiro emcima do nome de uma das mais sexys vilãs dos quadrinhos do Batman e uma grande heroina de suas próprias HQ´s devido ao seu sucesso nas histórias do morcego. 

Sinopse: Patience Phillips (Halle Berry) é uma tímida artista plástica que trabalha em uma empresa de cosméticos. Quando Patience acidentalmente descobre um segredo da empresa em que trabalha, ela se vê envolvida em uma conspiração corporativa que sequer imaginara até então. O que acontece a seguir transformar Patience para sempre, fazendo com que ela ganhe a força, agilidade, velocidade e sensibilidade de um gato. Com seus novos poderes e a recém-ganha intuição felina, Patience se torna a Mulher-Gato.
Já foram 5, mas como tivemos menção honrosa nos melhores nada mais justo do que ter menção honrosa nos piors também, então vamos lá, e o pior de todos é:

Batman e Robim
Se a Batman pertence um dos melhores filmes de heróis de todos os tempos é a ele também que pertence o pior sem dúvidas. Batman e Robim foi um tremendo erro de Joel Chumacher e ficou mais parecido com desfile de escola de samba, com uniformes hílarios( tinha mamilos e traseiros definidos nas fantasias) e uma história muito mal elaborada em que cada personagem tenta aparecer mais do que o outro.Péssimo.

Sinopse: A dupla dinâmica enfrenta uma terrível dupla de vilões: o gélido Mr. Freeze (Arnold Schwarzenegger) e a delicada botânica que, ao sofrer um acidente, transforma-se na perigosa e vingativa Hera Venenosa (Uma Thurman). Mas, para poder livrar Gotham City das garras dos vilões, Batman (George Clooney) e Robin (Chris O'Donnell) contam com uma nova companheira, a Batgirl (Alicia Silverstone).



Terminamos por hoje pessoal até a próxima, espero que tenham curtido mas este divertido post dos 5+.

Algumas recomendações

Olá pessoal, estamos meio negligentes com o blog nesse último mês, mas nossa vida cinéfila não parou, durante este tempo que estive longe daqui, assisti muitos filmes e venho hoje lhes deixar algumas dicas de filmes de vários gêneros. Bom, vamos lá...

Gênero terror/suspense:

*Pânico na Neve


Sinopse: Um dia típico nas montanhas se torna um pesadelo gelado para três esquiadores que ficam presos em um teleférico antes de sua última descida. A equipe da estação de esqui desliga as luzes da pista e o trio percebe, em pânico, que foram esquecidos. Com hipotermia e queimaduras de frio, os amigos são forçados a tomar medidas extremas para sair da montanha, antes que morram congelados. 

Um bom filme, cenas bem angustiantes, o verdadeiro pânico.  Não tem muito o que se dizer referente a ele, pois a história é previsível, as tentativas de sobrevivência dos personagens são bem típicas, o filme passa-se somente em um cenário, mas nem por isso deixa de ser um filme acessível, justamente por conter cenas de profunda angústia e desespero...Vale conferir!
* O Grito 2


Sinopse: No primeiro uma casa comum ocultava uma maldição, pois quando alguém morre em um momento de terror nasce uma maldição, que não perdoa nem esquece e faz as pessoas morrerem vitimadas por uma poderosa ira. Agora, outra pessoa terá essa maldição.

Já julgando pela sinopse que nada tem a dizer, podemos adivinhar o que nos espera nessa sequência... Eu tive a infelicidade de assistir o primeiro filme no cinema e sinceramente foi o um desperdício de dinheiro ter pago pra assisti-lo...Somente  cinco anos depois de sua estreia eu  abri mão de meu orgulho e novamente fiz a burrada de assitir este filme (agora sua sequência). Eu sei que eu devereia estar recomendando bons filmes a serem vistos, porém não posso deixar que vocês, assim como eu, façam uma bobagem dessas...Pois bem, o filme é mesmo muito ruim, você passa o filme todo sem saber que é o principal, a melhor atriz do filme morre em menos de 10 minutos, a história é uma confusão e as mortes não aparecem, quando alguém morre simplesmente some... Ainda insistindo no erro vou assistir ao três na esperança de que algo de bom tenha sido feito e também na esperança de que dessas vez as tentativas de assustar sejam menos frustradas e engraçadas... Não percam tempo com este...hehehe...

* Zumbilândia

Sinopse: A comédia de ação 'Zumbilândia' (Zombieland) gira em torno de dois homens lutando para sobreviver num mundo dominado por zumbis. Columbus (Jesse Eisenberg) é um grande covarde – mas quando você teme ser devorado por zumbis, o medo é justamente o que pode mantê-lo vivo. Tallahassee (Woody Harrelson) é um exterminador casca-grossa de zumbis, armado com seu fuzil AK e a determinação de comer o último Twinkie, um bolinho com recheio cremoso, que resta na Terra. Eles se associam a Wichita (Emma Stone) e Little Rock (Abigail Breslin), que também têm métodos únicos de sobreviver ao caos zumbi, mas precisarão avaliar o que é pior: confiar nos parceiros ou sucumbir aos zumbis.

Bom, este na verdade pouco se enquadra no gênero terror, mas por se tratar de uma temática zumbi acabou ganhando o título de Comédia/Suspense. Esse é um bom filme sem dúvidas, você consegue rir do início ao fim, tem grandes atores e diálogos engraçados...  Consegue muito bem intercalar entre os dois gêneros sem perder o foco. Vale à pena conferir, promete boas risadas...

* Devil (Demônio)

Sinopse: Em 'Demônio', cinco pessoas ficam presas em um elevador. Uma delas é o diabo.

Apesar de uma sucinta sinopse o filme é bom, cheio de mistérios, te deixa em dúvida até o fim de que realmente é o demônio, além da surpresa da descoberta outrso mistérios se revelam no decorrer da história. Se não fosse dotado por uma temática mais mistica eu diria que a frase a ser dita quando as luzes se apagam seria: "Que os jogos comecem." hehehe... Mas não, não tem nada a ver com Jogos Mortais a não ser o fato de tentarem sobreviver a algo do qual mal sabem do que se trata, mas vale conferir o filme te prende e você fica a todo momento tentando desvendar o mistério que por fim é um tanto inimaginável. Vale conferir!

* Enterrado Vivo

Sinopse: Paul Conroy (Ryan Reynolds) ainda não está pronto para morrer. Mas, quando ele acorda dentro de um caixão a 2 metros abaixo da terra sem a menor ideia de quem ou porque o colocaram lá, a vida dele se transforma em um único esforço extremo pela sobrevivência. Enterrado apenas com um celular e um isqueiro, o pouco oxigênio transforma Enterrado Vivo numa aflitiva experiência de corrida contra o tempo. Paul tem apenas 90 minutos para conseguir que o resgatem antes que seu pior pesadelo se torne verdade. Prenda a respiração.

Este, como a própria sinopse diz não tem grandes acontecimentos, o filme todo se passa dentro de um caixão e nem teria sido preciso pagar tão altos cachês o que provavelmente foi pago à Ryan Reynolds e Robert Paterson, pois o filme não passa de angústia pura e degradante falta de cenários e história. Um grande título, porém uma fraca produção. Perde feio para o filme de 1990 "Sepultado Vivo" do qual tem uma história sólida e que de fato prende. Neste caso recomendo somente para os curiosas que adoram ver filmes angustiantes, mas ainda deixo expresso aqui, minha maior adoração pelo antigo "Sepultado Vivo".

* A Sétima Alma
Sinopse: Em 'A Sétima Alma' (My Soul to Take), um acontecimento assombra a cidade de Riveton, na mesma noite que o Estripador desapareceu e foi dado como morto, sete crianças nasceram no hospital da cidade. Agora, 16 anos depois, moradores estão desaparecendo misteriosamente. Será que o psicopata sobreviveu e voltou para aterrorizar os moradores? Bug (Max Thieriot) é uma das sete crianças que nasceram na naquela noite sangrenta, cabe a ele enfrentar um mal que não descansará enquanto não terminar o que começou no dia em que ele nasceu.

Apesar de a critica ter sido super ácida e de a arrecadação ter sido trágica, o filme não é ruim, consegue misturar o esquizofrênico com o paranormal, talvez não tivesse sido aclamado, por não ter tido no elenco grandes astros e nem ter apelado para cenas de sexo e nudez como boa parte dos filmes do gênero fazem... Não é um filme digno de premiação, talvez o erro tenha sido somente no marketing, eu sinceramente gostei, principalmente por colocar em dúvida a todo momento se os acontecimentos são motivados por algo psicológicamente doentio ou realmente por um mau espírito. Vale conferir sem grandes medos...

Gênero Comédia/Comédia Romântica

* Meu trabalho é um Parto

 
Sinopse: Thea é uma jovem assistente que trabalha em uma editora em Los Angeles. Quando o terrível chefe ameaça Thea de demissão, ela entra em pânico e acaba dizendo que está grávida. Essa jogada não só ajuda Thea a manter seu trabalho, como também faz com que ela chame mais atenção dos colegas e seja promovida. Manter seu segredo não será fácil, mas não contar a verdade também é uma grande tentação.

Esse é o típico filme de Sessão da Tarde, com um tom de Humor bem sutil e uma história bem desastrada. Lindsay Lohan volta neste que não é uma grande produção, mas que com toda certeza dita bem o estilo artístico de Lindsay, comédia. Não é um dos melhores filmes que já fez, mas também não é dos piores, posso até citar o pior (Não sei quem me matou), hehehe... Pois bem, este é um filme de temática mais feminina, o que não impede de ser assistido por homens. Ele passa uma história bem divertido sobre gravidez e escolhas. Eu gostei e acho que vale a pena investir um tempinho pra assistí-lo.

* Nanny McPhee e as Lições Mágicas.


Sinopse: 'Nanny McPhee e as Lições Mágicas' conta a história de duas famílias, uma do campo e outra da cidade, que vêem o mundo balançar quando os pais saem para a guerra. Para ajudá-los, chega a babá McPhee, que para controlar o comportamento de sete crianças usa de seus poderes mágicos.

Não se deixe levar pela pequena sinopse, pois este filme é implesmente lindo! Um bela história, bons atores, bons efeitos especiais e diga-se de passagem era filmes desse calibre que a Disney deveria produzir... Uma comédia pra se assitir em família, grandes lições sobre união, fé e persistência. Um história apaixonante, consegue ser ainda melhor do que o primeiro. Recomendadíssimo!

* Uma manhã Gloriosa

Sinopse: Quando a batalhadora produtora de TV Becky Fuller (McAdams) é demitida de um programa local de notícias, sua carreira se torna tão desolada quanto sua desafortunada vida amorosa. Quando ela aceita trabalhar no programa "Daybreak" (o programa matinal de notícias que ocupa o último lugar na classificação nacional), Becky decide revitalizar o programa contratando o lendário âncora de TV Mike Pomeroy (Ford). Infelizmente, Pomeroy se recusa a reportar assuntos comuns dos programas matinais como fofocas de celebridades, previsão do tempo, moda e artesanatos – quem dirá trabalhar com sua co-apresentadora, Colleen Peck (Keaton), uma ex-rainha da beleza e personalidade de longa data do programa matutino e que está mais do que satisfeita apresentando as "notícias" das manhãs. Na medida em que Mike e Colleen se confrontam, primeiro nos bastidores e depois no ar, o caso de amor de Becky com o colega produtor Adam Bennett (Wilson) começa a desmoronar – e logo Becky está lutando para salvar seu relacionamento, sua reputação, seu emprego e por fim o próprio programa.

Bom elenco, bons diálogos, Humor inteligente, piadas em tom de sarcamo, sem contar pela ótima atuação de Diane Keaton e  Harrison Ford. Ainda conta com a participação especial de 50 cent. Além do mais o filme mostra a superação de uma profissional tentando erguer sua emissora de TV. Vale a pena conferir.

* Minhas Mães e Meu Pai


Sinopse: As lésbicas Nic (Anette Benning) e Jules (Julianne Moore) têm um casamento estável, mas a relação é virada de cabeça para baixo quando seus filhos, Joni (Mia Wasikowska) e Laser (Josh Hutcherson), resolvem trazer Paul (Mark Ruffalo), o pai, doador de esperma, de volta para suas vidas. As coisas, evidentemente, ficam cada vez mais complicada quando Jules se envolve-se com Paul.

Um filme fofo, aborda de forma sutil e doce um assunto ainda polêmico. Com um toque dramático e envolvente consegue arrancar risos e gerar expectativas. Eu recomendo!

Bom meus queridos por hoje é só. Beijos e até o próximo diversificado post.

 

quarta-feira, 23 de março de 2011

Morre nossa eterna diva

É com um enorme pesar que venho hoje até o blog deixar uma notícia nada boa... Pois bem, morreu hoje aos 79 anos nossa eterna Cleopatra, o ícone do cinema, Elizabeth Taylor ou como carinhosamente era chamada Liz Taylor. Nossa diva nos deixou depois de tanto lutar contra um problema de coração, faleceu hoje 23 de março de 2011 vítima de insuficiência cardíaca congestiva. A informação foi confirmada pelo agente e filho da atriz, Michael Wilding. Segundo ele, a mãe faleceu ao lado dos quatro filhos. "Apesar de ela ter sofrido diversas complicações, sua condição estava estável e era esperado que ela voltasse para casa em breve. Infelizmente, isso não aconteceu".
Liz Taylor estava internada no centro médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, Estados Unidos, há cerca de dois meses, com problemas cardíacos. Desde 2004, a diva lutava contra uma doença que impedia seu coração de bombear sangue o suficiente para os demais órgãos do corpo. Há três anos, ela se submeteu a uma cirurgia para substituir uma válvula defeituosa no coração. E há mais de cinco anos usava cadeira de rodas. 
A partir do momento que a notícia tomou lugar nas manchetes na internet, celebridades usaram o Twitter para divulgar sua tristeza.
Elton John, por exemplo, escreveu: “Acabamos de perder um gigante de Hollywood e, mais importante, perdemos um incrível ser humano". O cantor Ricky Martin fez parte da corrente de orações por Liz Taylor e postou: “Elizabeth Taylor, descanse em paz".
Julia Almeida, filha de Manoel Carlos, retwittou um alerta do “The New York Times” e completou a mensagem com a palavra “luto”. Didi Wagner foi outra que se lembrou da atriz: “R.I.P. Liz Taylor”. Yasmin Brunet filosofou: “R.I.P. Elizabeth Taylor... Que triste acordar com isso. Mas não é o final para ela, só um começo novo”.
Já cantora Kylie Minogue fez questão de publicar palavras da própria atriz: "Doe. Lembre-se sempre de doar. É isso que vai fazer você crescer". Vale lembrar que a própria Liz Taylor era uma arroba no microblog. Seu último post no Twitter foi em 9 de fevereiro, quando divulgou uma entrevista que deu para a revista "Bazaar".

Deixo aqui meus caros amigos um pouquinho da história dessa grande atriz, mas acima de tudo grande mulher.

Elizabeth "Liz" Rosemond Taylor (Londres, 27 de fevereiro de 1932Los Angeles, 23 de março de 2011) foi uma premiada atriz anglo-americana.





Filmografia

AnoTítuloPapel
2001These Old BroadsBeryl Mason
1996The NannyEla Mesma
1994The FlintstonesPearl Slaghoople
1989Sweet Bird of YouthAlexandra Del Lago
1988Young ToscaniniNadina Bulichoff
1987Poker AliceAlice Moffit
1986There Must Be a PonyMarguerite Sydney
1985North and SouthMadame Conti
Malice in WonderlandLouella Parsons
1983Between FriendsDeborah Shapiro
1981General HospitalHelena Cassadine
1980The Mirror Crack'dMarina Rudd
1979Winter KillsLola Comante
1978Return EngagementDr. Emily Loomis
1977A Little Night MusicDesiree Armfeldt
1976Victory at EntebbeEdra Vilonfsky
The Blue BirdRainha da Luz / Mãe / Bruxa / Amor Materno
1974IdentikitLise
1973Ash Wednesday - filmBarbara Sawyer
Night WatchEllen Wheeler
Divorce His - Divorce HersJane Reynolds
1972Hammersmith Is OutJimmie Jean Jackson
Under Milk WoodRosie Probert
X,Y, and ZeeZee Blakely
1970The Only Game in TownFran Walker
1969Anne of the Thousand DaysCourtesan
1968Secret CeremonyLenora
Boom!Flora 'Sissy' Goforth
1967The ComediansMartha Pineda
Reflections in a Golden EyeLenora Penderton
Doctor FaustusHelena de Tróia
The Taming of the ShrewKatharina
1966Quem Tem Medo de Virginia Woolf?Martha
1965The SandpiperLaura Reynolds
1963The V.I.P.sFrances Andros
CleopatraCleópatra
1960Butterfield 8Gloria Wandrous
Scent of MysteryThe Real Sally
1959De Repente, no Último VerãoCatherine Holly
1958Cat on a Hot Tin RoofMaggie the Cat
1957Raintree CountySusanna Drake
1956GiantLeslie Lynnton Benedict
1954A Última Vez que Vi ParisHelen Ellswirth / Willis
Beau BrummellLady Patricia Belham
Elephant WalkRuth Wiley
RhapsodyLouise Durant
1953The Girl Who Had EverythingJean Latimer
1952IvanhoeRebecca
Love Is Better Than EverAnastacia "Stacie" Macaboy
1951Quo Vadisprisionaira cristã na arena
Um Lugar ao SolAngela Vickers
Father's Little DividendKay Dunstan
1950Father of the BrideKay Banks
The Big HangoverMary Belney
1949ConspiracyMelinda Greyton
Little WomenAmy
1948Julia MisbehavesSusan Packett
A Date with JudyCarol Pringle
1947CynthiaCynthia Bishop
Life with FatherMary Skinner
1946Courage of LassieKatherine Eleanor Merrick
1944A Mocidade é Assim MesmoVelvet Brown
The White Cliffs of DoverBetsy
Jane EyreHelen Burns
1943Lassie Come HomePriscilla
1942There's One Born Every MinuteGloria Twine






Biografia



Nome completo: Elizabeth Rosemond Taylor


Outros nomes: Dama Elizabeth Taylor, Liz Taylor, Liz



Nascimento: 27 de fevereiro de 1932 Londres, Inglaterra. Reino Unido.


Morte: 23 de março de 2011 (79 anos) Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos.


Ocupação: Atriz


Altura: 1,57m


Conjuges: Larry Fortensky (1991-1996), John Warner (1976-1982), Richard Burton (1964-1974) e (1975-1976), Eddie Fisher (1959-1964), Michael Todd (1957-1958), Michael Wilding (1952-1957) e Conrad Hilton Jr. (1950-1951). 

OSCAR: Em 1993 (Prêmio Humanitário Jean Hersholt), 1967 Melhor Atriz (principal) por Quem Tem Merdo de Virginia Woolf? e em 1961 por Disque Butterfield 8.


Globo de Ouro:  1985(Prêmio Cecil B. DeMille),1974(World Film Favorite - Female), 1960 (Melhor Atriz, filme dramático)e 1957 (Prêmio especial para o desempenho consistente.)


Bafta: 1967- Melhor Atriz por Quem Tem Medo de Virginia Woolf?


Liz Taylor viveu intensamente e sem dúvida deixo sua contribuição significativa para o mundo da arte. Deixará saudades, mas acima de tudo deixou boas lembranças.



Fontes: MSN celebridades e Winkpédia








































































































































sexta-feira, 11 de março de 2011

Estreia de primeira linha

Olá pessoal, deixo aqui mais uma novidade e das boas... Estreiou hoje nos cinemas de todo o Brasil(menos em Chapecó óbvio, pq aqui só passa filme nacional e infantil...hehehe...),mas voltando estreiou hoje um Remake baseado no controverso filme A Vingança de Jennifer, de Meir Zarchi,que se tornou cult desde sua estreia, em 1978.
 Eu estou louca pra ver, porque pelas cenas e pela sinopse promete ser de arrepiar... Deixo aqui pra vcs o trailer desse sucesso do anos 70 refilmado e sem dúvidas mais marcante do que o antigo.

video
 
Dirigido por Steven R. Monroe, o longa Doce Vingança conta a história de Jennifer Hills (Sarah Butler), uma bela mulher da cidade que aluga uma isolada cabana no interior para escrever seu mais novo romance.

O que ela não esperava é que alguns delinquentes locais pudessem ser tão brutais, e acaba sendo vítima de estupro, humilhação e violência. Largada como uma moribunda, deixada para morrer, Jennifer recupera suas forças e volta para se vingar.

Perseguindo seus agressores um a um, ela inflige atos de tortura com uma ferocidade ainda maior que a praticada contra ela.

Até o próximo post aterrorizante...rsss...

terça-feira, 8 de março de 2011

Filmes estilo 1° pessoa e falsos documentários

Bom galera, hoje o post é dedicado a sensação do momento em hollywood. Filmagens com uma câmera apenas na perspectiva dos personagens. São os filmes em 1° pessoa, eles são feitos como se algúem estivesse filmando um vídeo amador e então a história vai se desenrolando, geralmente este tipo de filme aborda mais o gênero suspense.
Atividade paranormal 1 e 2..

Muitas pessoas foram iludidas a irem ao cinema assistirem atividade paranormal, ta eu confesso que também fui, mas a inflûencia e o trailer das pessoas se assustando durante a exibição do longa, me fizeram ter tamanha curiosidade que tive de conferir. O 1° filme até que possui uma história legal, a narrativa é lenta mas vai ficando melhor e os 20 minutos finais são realmente bons, no entanto não chega a ser assustador como comentavam na mídia, talvez pelo fato de ter custado apenas 11 mil dólares, tem de se dar um ponto extra para este longa. Mas a maior decepção foi na sequência, que custou muito mais caro e não trouxe nada de novo, isso mesmo nada e por mais que tivessem diversos pontos a serem aproveitados e transformar o filme em algo assustador, isso não acontece e a trama fica chata, chegando ao ponto de você não aguentar mais assistir, mas bem o outro teve em suas cenas finais uma melhorada. Este não, na verdade não tem uma única cena que assuste pelo contrário em várias delas da vontade de rir, isso mesmo galera a decepção é tanta q o riso é maior do que o esperado susto.

Atividade paranormal 1:
Desde criança Katie (Katie Featherston) ouve ruídos estranhos, sussurros e sente sensações inesperadas. Já adulta, ela mora com seu namorado Micah (Micah Sloat), que meio cético quanto aos depoimentos resolve usar uma câmera para gravar tudo o que acontece enquanto eles dormem e vivem dentro da casa. E o que era para ser apenas uma forma de esclarecer o mistério, torna-se uma experiência intrigante e assustadora.

Atividade paranormal 2:
Kristi, irmã de Kate acaba de ter um filho com Daniel que já é pai de uma adolescente. Após vivenciarem um suposto arrombamento em sua residência, Daniel resolve instalar um sistema de câmeras de segurança para monitoramento de todos os cômodos de sua casa. O trio também tem o costume de filmar tudo que acontece ao redor até que as situações estranhas começam a ocorrer, fazendo o trio de personagens acreditarem que vivem em uma casa mal assombrada.






REC 1 e 2

Confesso que ainda não tive a oportunidade de assistir a REC 2 , mas pela ótima crítica o filme deve ser tão bom quanto o 1°. O fato é que muita gente se apavorou ao assistir e ver a crueldade e zumbis como nunca antes visto na história do cinema. O realismo desta produção é o que faz com que seja na minha opinião um dos melhores no gênero. Vale ressaltar a cena final que é supreendente e da aquele gostinho de quero mais. Ganhou uma refilmagem americana com o título de quarentena.



REC:

Ángela Vidal (Manuela Velasco) é uma jornalista que, juntamente com seu operador de câmera Pablo (Pablo Rosso), faz uma reportagem em um quartel do Corpo de Bombeiros, na intenção de mostrar seu cotidiano. Porém o que aparentemente seria uma saída noturna rotineira de resgate logo se transforma em um grande pesadelo. Presos em um edifício, a equipe de filmagens e os bombeiros enfrentam uma situação desconhecida e letal.

REC 2:
Passaram-se 15 minutos depois que as autoridades perderam contato com as pessoas enclausuradas no edifício. Ninguém sabe o que acontece lá dentro. O caos toma conta do lado de fora, enquanto uma equipe da SWAT, com câmeras de vídeo, é enviada para o interior do prédio para monitorar a situação e determinar o que está acontecendo. Uma tarefa aparentemente rápida e fácil. Mas todos sabem, Às vezes, as aparências enganam…

Bruxa de Blair 1 e 2

Eu não sei por quê mas to começando a acreditar que pro filme ser bom, nunca deve se fazer uma sequência. A bruxa de blair realmente assustou a muitas pessoas. Confesso que acreditei que a história pudesse ser real e tive de assistir duas vezes para entender o final. Pra min um quase clássico, a história nos instiga a acompanhar o filme do começo ao fim. No entanto na sequência todo o suspense do original foram retirados dando lugar a um filme que muitos classificaram como uma verdadeira porcaria que foi feita exclusivamente a fim de se obter lucro.

A bruxa de Blair:
Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo encontrada na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.

A bruxa de Blair 2:
Em A Bruxa de Blair, um grupo de jovens cineastas viajam para uma floresta, em busca de rodar um documentário sobre uma força maligna chamada “bruxa de Blair”. Nenhum dos cineastas foi visto novamente e o videotape produzido por eles foi encontrado e visto por milhões de pessoas nos cinemas de todo o planeta. O sucesso do filme fez com que uma grande indústria de turismo fosse criada em torno de Burkittsville, Maryland, onde o videotape fora rodado. Com isso, um empresário local criou a “Caça à Bruxa de Blair”, uma excursão repleta de aventura em plena floresta onde o primeiro filme fora rodado, em que os interessados em participar devem se inscrever pela internet. Entretanto, quando os primeiros turistas chegam ao local, fatos bizarros e assustadores começam a ocorrer de forma descontrolada, fazendo com que todos tentem de qualquer maneira escapar da floresta e da maldição da bruxa de Blair.


 Cloverfield Monstro
Do mesmo criador de Lost, Cloverfileld trouxe uma história interresante que nos faz realmente ter medo de que algo além de humanos possa existir em outros planetas, o filme foi sucesso de público e muitos claman por uma sequência.

Cloverfield:
Rob Hawkins (Michael Stahl-David) mora em Nova York e está prestes a se mudar para o Japão. Ele reúne os amigos em uma festa de despedida, na qual pretende revelar sentimentos mal-resolvidos. Entretanto um forte solavanco assusta os convidados. Todos buscam notícias sobre o ocorrido na TV, que diz que a cidade sofreu um terremoto. Ao chegar ao terraço para ver os estragos o grupo nota uma bola de fogo gigante, seguida pela queda de luz na cidade. O pânico toma conta de todos, o que aumenta ainda mais quando eles enfim conseguem chegar à rua.


 Cannibal Holocaust

Nunca tive a oportunidade de assistir a este clássico, não por vontade mas por não encontralo em lugar algum ,no entanto  muitas pessoas, dentre estas grandes cineastas tem neste filme a inspiração para produzir grandes sucessos do gênero horror.

Canibal Holocaust:
Professor da Universidade de Nova York vai atrás de uns documentaristas perdidos, quando esses saíram para filmar na Amazônia. Lá chegando, ele descobre os horrores que eles passaram nas mãos de canibais.


 O último Exorcismo

Já fizemos um post sobre esta abominação do gênero, mas  temos de incluílo na lista.

O último Exorcismo
Numa fazenda no estado de Louisiana, nos Estados Unidos, Louis Sweetzer (Louis Herthum) acredita que sua filha Nell (Ashley Bell) está possuída por um demônio. Ele chama o reverendo Cotton Marcus (Patrick Fabian), com dezenas de exorcismos realizados, para salvar a jovem. Marcus decide filmar para um documentário este que será seu último exorcismo, mas o que encontra no local é diferente de tudo que já tinha visto antes.

Contatos de 4° grau
A eterna Alice da franquia de filmes Resident Evil, Mila jovovich, interpreta uma psicóloga abalada por estranhas aparições de extraterrestres em uma cidadezinha do Alaska. A narrativa é boa, o diferencial é o fato de Mila falar no começo do filme que está realmente interpretando e tentar convencer o público de que tudo que assistirá é real, coisa que todos sabemos que não é. As vezes a trama fica lenta e sem nexo, mas vale a pena conferir.

Contatos de 4° grau:
Em uma cidade do Alasca, um grande número de sumiços foi registrado durante os últimos 40 anos. Alguns afirmam que as autoridades encobrem os casos e que os sumiços seriam consequencias de possíveis abduções.


Distrito 9

Outro no estilo falso docúmentario, esta grande obra me emocionou e por íncrível que pareça me fez pensar o quanto o ser humano pode ser desprezível, chegando ao ponto em que você torce para que o alíenígena escape do nosso planeta.

Distrito 9 :
Há 20 anos uma gigantesca nave espacial pairou sobre Joanesburgo, capital da África do Sul. Como estava defeituosa, milhões de seres alienígenas foram obrigados a descer à Terra. Eles foram confinados no Distrito 9, um local com péssimas condições e onde são constantemente maltratados pelo governo. Pressionado por problemas políticos e financeiros, o governo local deseja transferir os alienígenas para outra área. Para tanto é preciso realizar um despejo geral, o que cria atritos com os extra-terrestres. Durante este processo Wikus Van De Merwe (Sharlto Copley), um funcionário do governo, é contaminado por um fluido alienígena. A partir de então ele se torna um simbionte, já que seu organismo gera algumas partes extra-terrestres. Com o governo desejando usá-lo como arma política, Wikus conta apenas com a ajuda do extra-terrestre Christopher para escapar.



Lake mungo

O terror sobrenatural foi o foco narrativo de Lake mungo, o filme tem muitos furos e até a metade convence, no entanto depois de uma grande surpresa as atuações ficam forçadas, mas mesmo assim o longo figura na lista dos bons neste estilo.

Lake mungo:
Lake Mungo é um falso documentário que explora o cotidiano de uma família atordoada pela angústia e pela dor. Alice Palmer morre acidentalmente num lago local. Depois do corpo ser reconhecido, os pais e o irmão começam a presenciar manifestações sobrenaturais em casa ou nas suas imediações. É iniciada então toda uma investigação paranormal que não só vai abalar a comunidade como vai por a descoberto o verdadeiro segredo por detrás da morte de Alice.



Estes foram alguns dos principais ou mais conhecidos no gênero, no entanto muitos outros estão por vir como os seguintes abaixo:

Apollo 18 , irá explorar o fato do por que o ser humano nunca mais ter feito uma viagem à Lua.

Atividade paranormal em Tóquio, é um spin- off da franquia americana e irá se passar na cidade de Tóquio.

REC 3- Gênesis, irá mostrar a origem do mal visto nos dois primeiros longas.

Super 8.

Outro filme de J.J Abrams, nele um grupo de crianças na década de 70 com o auxílio de uma câmera super 8, filman uma criatura alíenigena.

Área 51

Do mesmo diretor de atividade paranormal, Área 51 irá explorar os mistérios por detrás da tão famosa e lendária área que seria o lugar onde aliens são mantidos congelados.


Terminou, por hoje era só, espero que vocês tenham gostado e apreciado mas este nosso super post, até a próxima.

quinta-feira, 3 de março de 2011

OSCAR 2011

Olá pessoal, mais uma vez volto depois de alguns dias sem nada postar por aqui,volto a lhes pedir desculpas pela nossa ausência, mas hoje venho deixar um presentinho para os amantes do cinema...Deixo aqui a lista completa dos vencedores do OSCAR 2011, algumas imagens e afins...Vale ressaltar que este ano nossas estrelas Glamurosas deram seu ar da graça com muito mais simplicidade e requinte do que das outras vezes, mas enfim... Mesmo eu querendo muito discursar aqui sobre os modelitos das celebridades vamos ao foco do blog... OS VENCEDORES... \o/

Melhor direção de arte- "Alice no País das Maravilhas"

Melhor fotografia- "A origem"

Melhor atriz coadjuvante:- Melissa Leo – “O vencedor”

Melhor curta-metragem de animação- "The lost thing", de Shaun Tan, Andrew RuhemanMelhor longa-metragem de animação:- "Toy story 3"

Melhor roteiro adaptado- “A rede social”

Melhor roteiro original- “O discurso do rei”

Melhor filme de língua estrangeira- "Em um mundo melhor" (Dinamarca)

Melhor ator coadjuvante- Christian Bale – “O vencedor”

Melhor trilha sonora original- "A rede social" - Trent Reznor e Atticus Ross

Melhor mixagem de som- "A origem"

Melhor edição de som- "A origem"

Melhor maquiagem- "O lobisomem"

Melhor figurino- "Alice no País das Maravilhas"

Melhor documentário em curta-metragem"Strangers no more"

Melhor curta-metragem- "God of love"

Melhor documentário (longa-metragem)- "Trabalho interno"

Melhores efeitos visuais- "A origem"

Melhor edição- "A rede social"

Melhor canção original- "We belong together", de "Toy story 3"

Melhor diretor- Tom Hooper – “O discurso do rei”

Melhor atriz- Natalie Portman – “Cisne negro”

Melhor ator- Colin Firth – “O discurso do rei”

Melhor filme- “O discurso do rei”

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou na noite deste domingo (27/02) os vencedores da 83ª edição do Oscar.
Fonte: http:// globo.com
Este ano o OSCAR contou com a brilhante apresentação de Anne Hathaway e James Franco...

Esta edição não foi uma das mais surpreendentes, não contou com grandes homenagens e também não surtiu grandes novidades no quesito vencedores...Não teve grandes apresentações artísticas, mas como quase que de praxe Celine Dion encantou com sua bela voz. 

Bom meus queridos cinéfilos, por hoje é só beijos e até o próximo premiadíssimo post.